Ayrton Senna – O Campeão dos Campeões

As grandes vitórias e as melhores ultrapassagens, os documentários no cinema e na TV, fotos e as principais entrevistas de Ayrton Senna, amigos, jornalistas e pilotos, sobre a trajetória do piloto brasileiro, três vezes campeão mundial de Fórmula 1, e considerado por muitos, como o maior piloto da história do esporte.

Em 2012, foi eleito pela rede BBC o melhor piloto de todos os tempos.


playlist-yt-barra-superior-branco-seta

DOCUMENTÁRIOS: filmes para o cinema e especiais de TV

senna_1992_monaco_cropped


ayrton_senna_-_3_years_oldAyrton Senna da Silva (São Paulo, 21 de março de 1960Bolonha, 1 de maio de 1994) foi um pilotobrasileiro de Fórmula 1, três vezes campeão mundial, nos anos de 1988, 1990 e 1991. Foi também vice-campeão no controverso campeonato de 1989 e em 1993.

Senna morreu em um acidente no Autódromo Enzo e Dino Ferrari, em Ímola, durante o Grande Prêmio de San Marino de 1994.

Está entre os pilotos de Fórmula Um mais influentes e bem- sucedidos da era moderna e é considerado um dos maiores pilotos da história do esporte. [2][3][4][5][6] Em 2012, foi eleito pela rede BBC o melhor piloto de todos os tempos.[7]

Senna começou sua carreira competindo por kart, onde era conhecido como “42”, número que utilizou nos campeonatos nacionais. Mudou-se para competições de automobilismo em 1981, consagrando-se campeão do Campeonato Britânico de Fórmula 3 após dois anos de sua estreia.[8]

Seu bom desempenho na Fórmula 3 impulsionou sua ascensão à Fórmula 1, fazendo sua primeira aparição na categoria no Grande Prêmio do Brasil de 1984 pela equipe TolemanHart, tendo abandonado a corrida na 8a volta.[9]

Toleman TG184

Toleman TG – 1984

Em sua primeira temporada, Senna conseguiu pontuar em 5 corridas, fechando o ano com treze pontos e a 9a posição na classificação geral dos pilotos.[9]

No ano seguinte, trocou a Toleman-Hart pela LotusRenault, equipe pela qual venceu seis Grands Prix ao longo de três temporadas.[10]


playlist-yt-barra-superior-branco-seta

CORRIDAS: ultrapassagens, vitórias e títulos

Em 1988, juntou-se o francês Alain Prost (que seria seu maior rival em sua carreira)[11] na McLarenHonda e viveu anos vitoriosos pela equipe. Os dois juntos venceram 15 dos 16 grandes prêmios daquela temporada e Senna sagrou-se campeão mundial pela primeira vez. Prost levou o campeonato de 1989 e Senna retomou o título em 1990 – ambos títulos foram decididos por colisões entre os pilotos no Grande Prêmio do Japão.

Senna em Imola - 1989

Senna em Imola – 1989

Na temporada seguinte, Senna faturou seu terceiro título mundial, tornando-se o piloto mais jovem a conquistar um tricampeonato na Fórmula 1, façanha que foi mantida até o final da temporada de 2012, quando Sebastian Vettel venceu por três anos consecutivos.[12]

A partir de 1992, a equipe WilliamsRenault dominou amplamente a competição. Ainda assim, Ayrton Senna conseguiu terminar a temporada 1993 como vice-campeão, vencendo cinco corridas. Negociou uma transferência para Williams em 1994.[13]

Senna na McLaren em 1991

Senna na McLaren em 1991

Sua reputação de piloto veloz ficou marcada pelo recorde de pole positions que deteve. Sobre asfalto chuvoso, demonstrava grande capacidade e perícia, como demonstrado em atuações antológicas nos GPs de Mônaco 1984, de Portugal 1985 e da Europa 1993.

Senna, até o fim de sua carreira, deteve o recorde de maior número de vitórias no prestigioso Grande Prêmio de Mônaco – seis – e até então, o terceiro piloto mais bem sucedido de todos os tempos em termos de vitórias.[nota 1] Ele também foi aclamado por suas performances em tempo de chuva, como no Grande Prêmio de Mônaco 1984, o Grande Prêmio de Portugal de 1985 e o Grande Prêmio da Europa de 1993.

Legado

A reforma do autódromo de Interlagos em 1990 teve uma mudança radical no traçado, foi proposta para seguir as regras de limites de distância de um circuito da FIA, e uma grande curva inclinada foi sugerida para ligar a reta dos boxes à curva do sol. Ayrton propôs um “S” que ligasse as duas retas, daí o nome de “S do Senna”, pelo design do tricampeão, e não somente uma homenagem dada a ele.


playlist-yt-barra-superior-branco-seta

ENTREVISTAS: amigos, jornalistas, pilotos e Ayrton Senna

Com a morte de Ayrton Senna, novas normas de segurança foram implementadas para a F1. Novas barreiras, curvas redesenhadas, altas medidas de segurança e o próprio cockpit dos pilotos foram mudanças feitas na F1, ligadas diretamente à sua morte.

ayrton_senna_with_a_dog

Em 2005 o cantor italiano Cesare Cremonini gravou uma canção intitulada Marmelata #25 e, no refrão, há uma parte que diz em italiano: “Ahh! Desde que Senna não corre mais… não é mais domingo”.[58] Em 1994, o cantor Elymar Santos gravou uma música chamada “Guerreiros não morrem jamais” em homenagem ao piloto.

Senna demonstrava publicamente preocupação com a pobreza generalizada no Brasil, especialmente em relação às crianças. Após sua morte, foi descoberto que ele havia doado em segredo uma porção muito grande de sua fortuna pessoal (estimada em cerca de US$ 400 milhões) para ajudar as crianças pobres.[59]

ayrton_senna-aeromodelo

Pouco antes de sua morte, ele criou a estrutura de uma organização dedicada às crianças pobres brasileiras, que mais tarde se tornou o Instituto Ayrton Senna.[60][61]

Em dezembro de 2009 a revista inglesa Autosport publicou uma matéria onde fez uma eleição para a escolha do melhor piloto de Fórmula 1 de todos os tempos. A revista consultou 217 pilotos que passaram pela categoria e Ayrton Senna venceu a votação.[2][62] [63]

Monumento em homenagem a Senna em Donington Park

Monumento em homenagem a Senna em Donington Park

A rede de comunicação estatal britânica, a BBC, elegeu o brasileiro Ayrton Senna como o melhor piloto de Fórmula 1 da história.

“Provavelmente nenhum piloto da Fórmula 1 tenha se dedicado mais ao esporte e dado mais de si mesmo em sua rígida busca pelo sucesso. Ele era uma força da natureza, uma combinação incrível de muito talento e, em alguns casos, uma determinação espantosa”, aponta o texto publicado no site da BBC.[64]


playlist-yt-barra-superior-branco-seta

EXTRAS: tributos, depoimentos e reportagens curtas

Ayrton Senna

ayrton_senna_with_toy_car_cropped_no_wm

Informações pessoais
Nome completo Ayrton Senna da Silva
Apelido(s) “Beco”, “O Rei de Mônaco”[1]
Nacionalidade  brasileiro
Nascimento 21 de março de 1960
São Paulo,  São Paulo
 Brasil
Morte 1 de maio de 1994 (34 anos)
Bolonha,  Emília-Romanha,  Itália
Altura 1,75 m
Registros na Fórmula 1
Temporadas 1984-1994
Equipes 4 (Toleman, LotusMcLaren e Williams)
GPs disputados 162 (161 largadas)
Títulos 3 (1988, 1990 e 1991)
Vitórias 41
Pódios 80
Pontos (610)1 614
Pole positions 65
Voltas mais rápidas 19
Primeiro GP GP do Brasil de 1984
Primeira vitória GP de Portugal de 1985
Última vitória GP da Austrália de 1993
Último GP GP de San Marino de 1994

ayrton_senna_beginning_-_formula_ford_1981_van_diemen

Anúncios


Categorias:Automobilismo, Ídolos do Esporte, ESPORTE, TODOS

Tags:, , , , , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: