Notícias do Brasil e do mundo direto de Bauru

Playlist de vídeos a partir de canais do youtube • As melhores mídias digitais e redes de televisão da WEB, em língua portuguesa • Vídeos próprios da Bauru TV

ÚLTIMO BOLETIM BAURU TV DA PANDEMIA 

23 de MAIO – Brasil registra 965 mortes e 16.508 casos confirmados de covid-19, nas últimas 24 horas, o que corresponderia a uma morte a cada 1 minuto e 29 segundos no país, por causa do vírus. Continuamos com o mesmo número de testes feitos desde o dia 12 de maio, e amargamos a 132ª posição no ranking de países que mais fazem testes, entre 213 nações. Apesar de termos a 9ª maior economia do mundo, testamos menos do que diversos países pobres da África e da Ásia, o que ajuda a explicar nossa catástrofe desde a saída do ex-Ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta, em 16 de abril. De lá para cá, vivemos a realidade do abandono total da população pelo governo federal. Para a Presidência da República, a pandemia do coronavírus simplesmente não existe.

• Portugal continua em recuperação e manteve seus números estáveis, encerrando o dia com a confirmação de 13 óbitos e 271 novos casos

• Angola registrou hoje mais uma morte por covid-19, chegando a um total de 4 óbitos e 61 casos confirmados

• Índia, Peru, Chile e México permanecem em curva ascendente da doença, com números altos de casos e mortes

• Nossa cidade, Bauru, no interior de São Paulo, Brasil, completa hoje uma semana sem mortes por covid-19, mas continua a registrar novos infectados todos os dias. Temos em Bauru, 247 casos confirmados e 12 mortes no total

☺ SINCERIDADE é a virtude de quem fala verdadeiramente sobre seus próprios sentimentos, pensamentos, desejos.

“A sinceridade é de vidro e a discrição de diamante.”

  • La sincérité est de verre la discrétion est de diamant !
  • André Maurois citado em “Auto moto‎” – Página 100, de Société d’Information et de Publication – Publicado por François Gentile, 1994
    • André Maurois (1885—1967) foi um romancista e ensaísta francês.

“Nenhuma eloquência poderia ter sido tão devastora à nossa crença na humanidade como sua explosão final de sinceridade.”

  • Joseph Conrad in: O Coração das Trevas
    • Joseph Conrad, nascido Józef Teodor Nałęcz Korzeniowski (1857–1924) foi um escritor britânico de origem polonesa.

► VEJA TODOS OS BOLETINS

22 de MAIO – Brasil registra 1.001 mortes por covid-19 nas últimas 24 horas, e bate o recorde de número de casos, com impressionantes 20.803 novos infectados pelo coronavírus.

Apesar de estarmos vendo um brasileiro(a) morrendo a cada 86 segundos por causa da pandemia, o país só fala sobre um vídeo do presidente Bolsonaro com seus ministros, motivo de uma investigação importante.

Nele, Bolsonaro deixou clara sua intenção de interferir na Polícia Federal, e xingou um monte de gente (que não estava na sala) e defendeu firmemente armar a população (formação de milícias fascistas) para ‘lutarem’ contra prefeitos que por ventura estivessem obedecendo orientações sanitárias de especialistas da saúde.

Ao invés de falar em armar a população para se defender de bandidos, como na campanha à Presidência, desta vez, ele defendeu a ideia de a população agir contra políticos da oposição, que tentam defender os brasileiros do coronavirus.

Ficou claro que sua intenção seria o total desrespeito às leis sanitárias através do conflito armado. Uma ‘mera’ guerra civil entre cidadãos e a polícia, STF, Congresso e autoridades sanitárias, que insistissem com essa ‘ideia de isolamento’.

Pelas palavras de seu ministro da economia, ficou claro também que a estratégia do governo, é auxiliar apenas as grandes empresas e não os pequenos negócios: comerciantes, microempresários e o povo em geral. E de fato, o plano é deixar todo mundo falir e esperar investimentos futuros, como por exemplo, ‘resorts’ com jogos de azar, projeto citado pelo ministro do turismo.

Em notícia recente, e não da reunião, cogita-se na Presidência, baixar o auxílio emergencial de R$600,00 para apenas R$200,00. Isso, para quem receber. A segunda parcela do auxílio que já deveria ter sido paga, só para lembrar, não chegou às mãos de quase ninguém. E a fome aumenta.

Enquanto isso, o centrão (partidos como o DEM, PSL, Republicanos e outros) já administram 73 bilhões de reais no Governo Bolsonaro, em troca de blindagem contra seu impeachment.

Esquecendo um pouco o vídeo bombástico e voltando para a questão da pandemia, nosso único conselho para qualquer brasileiro ou brasileira que está comendo apenas, o pão que o diabo amassou, é FORÇA.

O Brasil não irá fazer nada por nós agora. Precisamos nos apegar aos nossos familiares e amigos por perto, e tentar passar por esta sozinhos. A estratégia de Bolsonaro continua sendo fazer o povo brasileiro passar fome e morrer até concordar em sair para trabalhar, sem defesa nenhuma contra o vírus.

Não testamos ninguém por aqui. Nem os mortos testamos direito, senão os números de óbitos seriam muito maiores. Em relação aos infectados então, ao invés de 330 mil, devemos ter algo em torno de 1 milhão e meio de pessoas que já contraíram o coronavírus no país.

Perto do Brasil, dos EUA e da Rússia, epicentro da tirania no planeta Terra hoje, o resto do mundo vive num verdadeiro paraíso, mesmo com a pandemia acontecendo.

Afinal, se defender de um vírus com o seu governo te jogando pra cima dele, não é algo para qualquer nação. Precisa ter o TOP da PSICOPATIA em termos de ditador. Democracia nestes três países é algo que só existe na imaginação. Oposição em governos tiranos não fala, não participa, não é nada. E por isso, a realidade nesses lugares, em verdade, é de um perfeito matadouro de seres humanos.

Hoje fico devendo comentários sobre os outros países do mundo. Como qualquer outro brasileiro que tenta ser decente e respeitar as leis, que enxerga a situação e o abandono em que vivemos, sinto apenas vontade de brigar. Desejei a todos força, mas hoje, talvez seja eu que precise mais dela, para conseguir dominar o ódio que arranha meu coração nesse momento.

Em meus sonhos, eu me vejo em uma sala fechada, com o presidente, alguns de seus ministros, os 10 militares que não são médicos e que comandam o Ministério da Saúde hoje, e o recém integrado à pasta, um advogado de policiais milicianos assassinos, que está lá para proteger os comandantes, de crimes que estão cometendo contra a saúde nacional … eu, sozinho, com todos esses caras, em uma sala fechada, sem armas. Em meus sonhos, eu brigo com todos eles, e arrebento a cara de cada um deles, de uma maneira muito pouco cristã. Um após o outro. E depois de bater em todos eles, depois de quebrar-lhes os dentes todos, com minhas próprias mãos, eu falo as palavras que ouvi hoje da boca do próprio presidente da República Federativa do Brasil, Jair Bolsonaro. E assim, diria ao ‘capetão’ e seus luciferianos: xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Eu sei que é só um sonho, e que eu não vou poder salvar o Brasil sozinho, mas pelo menos isso eu ainda posso fazer, sonhar. Quanto aos palavrões … não precisamos nos rebaixar ao nível deles nunca, nem em sonho. Basta o instinto de sobrevivência que nos leva a sentir esse ódio todo.

Mas vai passar. O amor sempre venceu aqui dentro, e não vai ser um tirano como esse, que irá atingir meu Cristo interno. Vai passar. O ódio e a pandemia. E que venha o impeachment, e que venha o sol, para fritar todos os vampiros que ainda existem em solo terráqueo, e não apenas brasileiro, americano, russo, britânico, nicaraguense, mexicano, chileno, italiano, espanhol, bielorrusso … PAUL SAMPAIO

“É estupidez, e não coragem, se recusar a reconhecer o perigo quando ele está próximo.” Sherlock Holmes, em trecho de “O problema final” (1893), obra de Arthur Conan Doyle

“Elimine o impossível, e o que restar, por mais improvável que pareça, deve ser verdade.” Sherlock Holmes, em trecho de “O signo dos quatro” (1890), obra de Arthur Conan Doyle

Arthur Conan Doyle (Edimburgo, 22 de maio de 1859 — Crowborough, 7 de julho de 1930) * 161 Anos. Escritor da Escócia, criador do personagem Sherlock Holmes

► VEJA TODOS OS BOLETINS

21 de MAIO – Brasil bate novo recorde de mortes diárias e registra 1.188 óbitos por covid-19 nas últimas 24 horas, o que corresponderia a 15 aviões com 77 passageiros (como a aeronave do acidente da Chapecoense), com margem de segurança de 33 mortos. Resumindo, tivemos nesta quinta-feira, algo como 15 aviões da Chape caindo em solo brasileiro. Aproximadamente, um avião a cada hora que passamos acordados.

O Brasil já tem agora, 310.087 infectados pela doença, o que corresponderia a populações de cidades como Limeira, Petrópolis, Taubaté e Guarujá. Nosso país já tem mais infectados do que as populações de 5.482 cidades. Apenas 88 municípios brasileiros têm uma população maior do que o número de infectados por covid-19 hoje.

87º Guarujá / SP – 320.459 habitantes

88º Taubaté‎ / SP – 314.924 habitantes

89º Petrópolis / RJ – 306.191 habitantes

90º Limeira / SP – 306.114 habitantes

Desde o início da pandemia, já contamos 20.047 óbitos, o que corresponderia a 260 aviões com 77 passageiros (como a aeronave do acidente da Chapecoense).

O Congresso brasileiro, presidido por Rodrigo Maia, já tem 35 pedidos de impeachment e 7 de CPIs para investigar o presidente Bolsonaro, e ainda não faz nada além de barganhar cargos e verbas. Oposição e partidos nanicos aumentam ofensiva contra o presidente, que tenta se ‘blindar’ com o Centrão.

• França já fechou 70 de suas escolas depois da reabertura. O contágio era alto e a preocupação de as crianças contaminarem pais e avós, leva autoridades a repensarem a permanência das escolas abertas

• México ultrapassa o Reino Unido em mortes diárias e foi hoje, o terceiro país do mundo com mais óbitos por covid-19, somando 424 novas mortes

• EUA fecharam o dia hoje com estratosféricos 24.967 casos confirmados em 24 horas, além de 1.248 mortos. Segundo palavras do presidente Donald Trump, para qualquer coisa que se pergunte sobre as decisões do governo na pandemia: “Os EUA estão fazendo um tremendo trabalho. Um ótimo trabalho.”

☺ Que a Força esteja com todos nós – 21/5/2020 – PAUL SAMPAIO

“A falta de modéstia é falta de senso comum.” Alexander Pope

Alexander Pope – 332 Anos – 21 de maio de 1688, Londres — 30 de maio de 1744, Twickenham, hoje parte de Londres. Foi um dos maiores poetas britânicos do século XVIII. Famoso por sua tradução de Homero. É o segundo mais citado escrito na obra ‘The Oxford Dictionary of Quotations’, depois de Shakespeare.

“Procuro um amor que seja bom pra mim, Vou procurar, eu vou até o fim, E eu vou tratá-la bem, Pra que ela não tenha medo, Quando começar a conhecer os meus segredos.”

Roberto Frejat, em trecho da canção ‘Segredos‘.

Roberto Frejat – 58 Anos – Rio de Janeiro, 21 de maio de 1962. Cantor, compositor, produtor e guitarrista brasileiro, notório por ser o principal parceiro de Cazuza em composições da banda Barão Vermelho e também na carreira solo do amigo, além de compor com/para outros artistas do cenário musical brasileiro.

► VEJA TODOS OS BOLETINS

20 de MAIO – O mundo ultrapassou hoje o número de 5 milhões de infectados por covid-19. E ao todo, 328.193 pessoas já perderam a vida por causa da pandemia desde dezembro de 2019

• No Brasil, novamente terminamos o dia como o país com mais infectados no Planeta, nas últimas 24 horas. Tivemos hoje 19.951 casos confirmados e mais 888 mortos. Ao todo, já são 18.859 óbitos por covid-19 no Brasil. Continuamos sem fazer testes, e por isso, somos apenas a 125ª nação que mais testa entre 213 países

• Portugal, França e Espanha continuam com seus esforços de normalização da vida, agora com novos parâmetros para estudar e trabalhar, por causa das precauções para evitar uma outra onda de infecções da covid-19

• Portugal confirmou hoje 16 novas mortes e 228 novos casos. Até agora, o país totalizou 1.263 óbitos e 29.660 casos confirmados

• Chile teve conflitos entre manifestantes e polícia por causa da fome que já atinge as classes menos favorecidas do país. Hoje, a nação chilena continuou como o 6º país com mais casos confirmados em 24 horas, 4.038, e juntamente com Peru e Índia, mostra crescimento alarmante de casos e mortes pelo coronavírus

• Dentro da comunidade lusófona, Guiné-Bissau registrou 2 novas mortes e 51 novos casos. São Tomé e Príncipe confirmou uma nove morte e 5 novos casos. Timor-Leste, Macau e Moçambique seguem sem registros de óbitos. Angola e Cabo Verde, já tiveram 3 mortes cada. Angola tem 52 casos confirmados, e Cabo Verde, 349 ao todo

► VEJA TODOS OS BOLETINS

19 de MAIO – O Brasil teve 1.179 novas mortes por covid-19 nesta terça-feira, e com 17.408 novos casos confirmados hoje, ultrapassou os EUA e foi o país com mais infectados no mundo, nas últimas 24 horas. Por erro de alguns sites, está sendo divulgado que o Brasil é o terceiro com mais casos no total, mas ainda não ultrapassou a Espanha, que tem 278.803 casos. Contudo, na manhã desta quarta-feira, estará matematicamente na terceira posição em número de casos, e provavelmente passará a Rússia em pouco tempo, e assim, ficará ao lado dos EUA na liderança do ranking da ‘perda do controle na pandemia’. O recorde de mortes em 24 horas com números acima de 1.000 óbitos já era esperado, e especialistas projetam uma continuação desta tendência, que deverá fazer o Brasil, o país com mais mortes diárias de covid-19 nos próximos dias. Nem o Donald Trump, um especialista em extermínio de seres humanos, quer brasileiros em seu país agora. Decidiu fechar os EUA para o Brasil. Deve ter conversado com Bolsonaro, e decido que vão matar, sem se misturarem, para deixar a disputa menos confusa

• Enquanto Portugal já achatou a curva do contágio e começou o desconfinamento, o Brasil começará agora uma série de ‘lockdowns’ em suas cidades mais importantes

• Portugal tem um número crescente de testes feitos, já o Brasil, ainda não testa nada, e fica com seus números de testes feitos, parados por semanas. Só aumenta o número de mortos e infectados em nosso país. Faltam equipamentos de segurança para os profissionais da saúde, que estão adoecendo e morrendo em grande número. Nas UTIs e hospitais de campanha, respiradores não chegam ou são superfaturados por políticos corruptos. O secretário de saúde do Rio de Janeiro já foi demitido por ter havido ‘roubo’ durante a pandemia em sua secretaria

• O mundo tem a Nova Zelândia, a Islândia e outros países que estão mostrando o seu melhor durante a pandemia da covid-19. Muitos países do terceiro mundo estão surpreendendo e mostrando também, muito mais preparo do que grandes nações europeias. Porém, em lugares como o Brasil e os EUA, assistimos um verdadeiro filme de terror. Democracias que pareciam solidificadas, sangram hoje nas mãos de horríveis monstros desumanos, sem empatia em relação a suas populações, que infelizmente, ainda não apresentam forças para conseguir o impeachment de seus carrascos. Brasil e EUA escolheram seus próprios presidentes, e até agora, não fazem nada além de lamentar e chorar pela escolha feita. Sem contar, que boa parte destas duas populações, está adorando o desempenho dos filhos de Lúcifer

► VEJA TODOS OS BOLETINS

18 de MAIO – O Brasil já o quarto país com mais infectados pela covid-19 no mundo, com 254.220 casos confirmados, passando o Reino Unido. Só hoje, foram 674 novas mortes, totalizando 16.792 óbitos, o que equivaleria a 218 aviões com 77 passageiros, como a aeronave do acidente com o time da Chapecoense. Ou seja, é como se tivéssemos tido 218 quedas de aviões, 218 acidentes com 77 mortes nesse pequeno espaço de tempo, desde que o vírus se alojou no Brasil, como quem encontra uma casa confortável para morar

• Vários países da Europa já saíram da quarentena, e Portugal já teve nesta segunda-feira, bastante gente voltando às ruas e ao trabalho. O país registrou hoje 173 novos casos e 13 mortes

• Guiné-Bissau ultrapassa os 1.000 infectados e teve 42 novos casos

• Angola registrou mais uma morte por covid-19 hoje, e mais dois novos casos

• São Tomé e Príncipe contou 11 casos confirmados nas últimas 24 horas, e totaliza 7 óbitos por covid-19

• Moçambique teve 8 casos confirmados, totalizando 145, mas sem nenhuma morte notificada

• Peru e Índia continuam com a curva de contágio crescente, e  estão entre os países com mais casos e mortes diárias, há mais de uma semana

► VEJA TODOS OS BOLETINS

17 de MAIO – O Brasil inicia a semana, em que deverá decretar o ‘lockdown’, em suas duas cidades mais populosas, São Paulo e Rio de Janeiro. O isolamento social ineficiente está levando o maior sistema de saúde da América Latina ao colapso, e não haverá outra alternativa para nenhuma destas duas cidades senão o bloqueio total da mobilidade urbana.

O desrespeito às medidas sanitárias pedidas por todas as autoridades (menos Bolsonaro), levará as pessoas que cumpriram a quarentena corretamente, a continuar confinadas até que o fluxo de infectados e mortos diminua.

A desobediência às leis sanitárias por pessoas que não são profissionais essenciais, é a causa principal do ‘lockdown’ das principais capitais brasileiras. A teimosia para acabar com o isolamento é exatamente o que está nos levando ao bloqueio total.

A economia com esse tipo de atitude levará ainda mais tempo para se recuperar, porque precisaremos parar sim, com a lotação esgotada de hospitais. Porque simplesmente não temos lei no Brasil que permita matar cidadãos às toneladas, aos milhares, sem hospitais, sem enterros, sem caixões e cemitérios suficientes para a velocidade da matança, de uma doença para a qual, ainda não temos remédio ou vacina.

Bolsonaro não conseguiria fazer isso tudo sozinho. É importante lembrar, que para transformar o Brasil no segundo país do mundo onde o coronavírus mata mais, diariamente, há semanas, é preciso muitos seguidores. Sem essa mentalidade negacionista não estaríamos passando por isso.

Temos veículos de comunicação em massa fazendo o correto papel de formadores de opinião, buscando a união da população do Brasil em torno da necessidade do isolamento, temos um ótimo sistema de saúde, comparado a muitos países, e ainda assim, estamos passando por uma situação que poderia ser evitada.

O Brasil está escrevendo linhas vergonhosas na história do Planeta Terra durante a pandemia da covid-19. Toda crise gera oportunidades para mostrarmos o que temos de melhor, para superar dificuldades e controlar situações complicadas, mas o Brasil, perdeu todas as oportunidades que teve, e ainda está à mercê de políticos populistas.

Bolsonaro entra para história, pela psicopatia sem limites, como mais um propagador do fanatismo político que ainda mata. Um tirano que desperta o que há de pior em nosso país. Pessoas que pareciam humanas, em nosso próprio dia-a-dia, hoje se apresentam como verdadeiros monstros, que riem da morte e zombam do sofrimento dos outros.

O Brasil não sabia que tinha tanta gente má assim. Foi preciso uma pandemia para algumas máscaras caírem, mas agora, estão todos com os rostos nus. Boa hora para nos olharmos no espelho.

► VEJA TODOS OS BOLETINS

16 de MAIO – Brasil teve nas últimas 24 horas, 816 mortes e 14.919 novos casos confirmados de covid-19. Passamos a Itália em número de casos, e somos agora, o 5º país com mais infectados no mundo, totalizando 233.142. Sem testes, o país ainda não sabe realmente o tamanho do número de infectados, devido à subnotificação. Os parâmetros para saber o número real, continuam sendo o monitoramento do isolamento social, e a triste realidade do colapso dos hospitais e cemitérios nas grandes cidades do Brasil. Especialistas projetam números 12 a 16 vezes maiores do que os números oficiais • Portugal teve 13 mortes registradas hoje, e já entra em processo de desconfinamento gradual • Guiné-Bissau confirmou mais um óbito e 53 novos casos • Peru e Índia continuam a apresentar altos números de infectados • Rússia, Reino Unido, México e Itália permanecem com alto contágio • EUA ainda é o país com mais casos e mortes, no total e nas últimas 24 horas • Em nossa cidade, Bauru / SP, tivemos mais uma morte confirmada por coronavírus e dois novos casos ► VEJA TODOS OS BOLETINS

Conheça em vídeos os 30 Artigos da Declaração Universal e a História dos Direitos Humanos * Adotada pela Organização das Nações Unidas em 10 de dezembro de 1948, a Declaração Universal dos Direitos Humanos (DUDH) delineia os direitos humanos básicos. Foi esboçada principalmente pelo canadense John Peters Humphrey, contando, também, com a ajuda de várias pessoas de todo o mundo.


Localização do Estado de São Paulo no Brasil (canto inferior esquerdo), e da cidade de Bauru (em destaque no centro)
  • Bauru é um município do interior de São Paulo
  • Município mais populoso do Centro- Oeste paulista, com 376.818 habitantes (2019)
  • Localizado a cerca de 326 km da capital, a cidade de São Paulo
  • Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) de 0,801, o 20º maior do Estado de São Paulo
Mosaico de fotos com símbolos, pontos turísticos e visão panorâmica da cidade de Bauru