Unesp Notícias – Febre amarela

Monitoramento de macacos pode direcionar ações de combate à febre amarela

Foi encontrado na terça (28) em Bauru mais um macaco morto, dessa vez no Jardim Marambá.

Vigilância Sanitária já encaminhou o animal para análise e verificar se ele tinha febre amarela.

Embora a cidade não tenha registrado nenhum caso da doença, o monitoramento dos animais é importante porque eles servem de alerta.

Mas é bom reforçar que não é o macaco quem transmite a vírus para os humanos, mas sim, o mosquito. Caso a população encontre macacos mortos ou doentes, a orientação é acionar o CCZ, o Centro de Controle de Zoonoses pelo telefone: (14) 3103-8050.

Anúncios


Categorias:Meio Ambiente, prevenção, Proteção Animal, SAÚDE HUMANA, TODOS, TV UNESP, Zoologia

Tags:, , , , ,

%d blogueiros gostam disto: