TV Brasil com dívida milionária demite Leda Nagle

A apresentadora Leda Nagle, que passou 20 anos à frente do Sem Censura, programa da TV Brasil, foi demitida nesta terça (07).

De acordo com O Globo, Laerte Rímoli, presidente da EBC, anunciou sua demissão e apresentou como motivo uma dívida milionária da emissora.

Um dos programas mais conhecidos da TV Brasil, o Sem Censura tem alcance nacional e já entrevistou diversas celebridades, especialistas em saúde e cultura.

No site da emissora ainda não foi feito nenhum anúncio e Leda Nagle ainda é citada como apresentadora.

Fonte: MSN

Programa Sem Censura – TV Brasil – 19/04/16 – Apresentação de Leda Nagle

Dr Leonardo Palmeira, psiquiatra, fala da importância dos tratamentos psicossociais e das possibilidades de cada paciente dentro de um novo paradigma, a recuperação pessoal, em que o paciente se torna mais consciente, desenvolve a sua auto-crítica, sua resiliência e se empodera para ser capaz de planejar sua vida e tomar as decisões necessárias para se recuperar.

O cineasta, diretor do filme a ser lançado nesta semana sobre a vida da Nise da Silveira, Roberto Berliner conta a história da psiquiatra e como foi passar dois meses no hospital do Engenho de Dentro convivendo com os pacientes e filmando o longa-metragem.

a-apresentadora-leda-nagle-do-sem-censura-programa-da-tv-brasil

Resposta de Leda para Gisele de Almeida da UOL

“Vou fazer o programa com garra”, diz Leda Nagle sobre fim do “Sem Censura”

Giselle de Almeida – Do UOL, no Rio

Pega de surpresa com sua demissão da TV Brasil, a apresentadora Leda Nagle diz que está “totalmente desempregada”. Em conversa com o UOL por telefone, a jornalista, que comanda o tradicional “Sem Censura”, diz que sua preocupação no momento é “fazer bem” o programa até janeiro e não descarta encontrar um novo espaço no YouTube, mas garante que ainda está se refazendo da notícia e, portanto, não tem nenhum projeto na manga.

“Vou falar a verdade, não vou dar aquela de ator, ‘estou fazendo vários projetos’, isso é mentira. Estou totalmente desempregada (risos). Mas esse é meu ofício, então estou pronta para recomeçar sempre. Eu sou guerreira. Foi uma surpresa para mim, ainda não posso dizer que está tudo bem. Estou deglutindo. Vou fazer o programa hoje, amanhã, vou fazer com garra. As pessoas estão convidadas. Não vou dizer que estou felicíssima. Sou jornalista, trabalho com a verdade”, diz.

Leda não espera que a TV Brasil volte atrás na decisão, nem está preocupada com isso, garante. “Estou preocupada em fazer bem o programa até o último dia. Tenho que ficar equilibrada, porque é ao vivo, porque reúne um monte de gente, porque eu tenho o maior prazer em fazer. Vou fazer até o fim direitinho, eu sou assim. é assim que eu acho que tem que ser e é assim que vou me comportar”, afirma.

Antes de concordar dar a entrevista, Leda hesitou um pouco – disse que havia dito tudo na nota que publicou em suas redes sociais, onde afirma estar perplexa com a “falta de caráter” da emissora. Em seguida, no entanto, topou comentar a solidariedade de fãs e colegas, que a apoiaram com a hashtag “FicaLedaNagle no Twitter (“Achei o maior barato”) e a importância do “Sem Censura” para a televisão brasileira.

“É um programa que eu adoro fazer, um programa de que o Brasil precisa, porque educa sem chatear, informa sem tomar partido. Acho que educa, porque a grande questão do Brasil é a educação, não a educação de 2+2, mas a educação civilizatória. Acho que ele cumpre esse papel. Eu procurei fazer isso todo o tempo e vou fazer até o último dia”, afirma.

Embora a falta de dinheiro tenha sido o argumento para o desligamento da apresentadora, o “Sem Censura” é um programa relativamente barato, diz. “Um programa de entrevistas da Globo, como o da Fatima, tem 50, 100 pessoas na equipe. A gente tem 12, contando comigo. Não é um programa caro”, compara ela, que não acredita em uma decisão política, após as mudanças na direção da Empresa Brasileira de Comunicação.

“Não acredito que tenha sido uma decisão política. Acredito que seja uma decisão de botar uma pá de cal na TV, talvez. Porque a vida inteira ouvi que era o programa mais visto da TV [Brasil], estou a vida inteira ouvindo isso deles. Aí chega uma direção nova e decide acabar com ele. Eu não consigo entender. A resposta que me deram foi essa: não tem dinheiro nenhum. O Laerte [Rimoli, presidente da EBC] falou literalmente essa frase: ‘Nós estamos sem dinheiro nenhum, devemos milhões. Vamos começar o ano com um déficit de milhões'”, diz.

Apostar num novo programa “é uma possibilidade”, mas ela deixa claro que ainda não tem nada de concreto sobre o futuro profissional. “Até tenho um canal com o Duda, meu filho, no YouTube. Já fizemos, mas de brincadeira, nada profissional, é nossa curtição pessoal. Mas alguma coisa eu vou fazer, porque eu vivo disso”, conta.

‘Entre Nós’ do Estadão recebe Leda Nagle – O colunista Eduardo Moreira conversa com a jornalista Leda Nagle, que está há 20 anos à frente do programa Sem Censura, exibido pela TV Brasil

a-apresentadora-leda-nagle-com-o-filho-dudu

Vídeo de Duda Nagle, filho de Leda Nagle

Eu no Sem Censura, mãe entrevistando o filho, Leda Nagle entrevistando Duda Nagle – Bastidores da 1a entrevista do ator Duda Nagle, o Otávio de ‘Cúmplices de um Resgate’ no programa ‘Sem Censura’ com a jornalista Leda Nagle.

Biografia

Leda Nagle (Juiz de Fora, 5 de janeiro de 1950) é uma jornalista, escritora, atriz e apresentadora de televisãobrasileira.[1]

É mãe do ator Duda Nagle[2] e prima do ex-deputado federalFernando Gabeira.[3]

Leda Nagle mudou-se para o Rio de Janeiro depois de concluir a faculdade de jornalismo na Universidade Federal de Juiz de Fora e ganhou destaque ao comandar as entrevistas do Jornal Hoje, telejornal que mais tarde ela comandaria[2]. Ela ficou 10 anos no programa, sendo a segunda âncora que mais tempo comandou o JH. A única mulher a ficou mais tempo que ela foi Sandra Annemberg. Quando ela saiu, o público, que havia se apegado ao estilo da apresentadora, não aceitou: iniciou-se aí uma crise de audiência no Jornal Hoje.[2]

a-apresentadora-leda-nagle-no-jornal-da-tv-globo

A época, ela foi convidada pela Rede Manchete para apresentar a edição da tarde do Jornal da Manchete.[2] Apresentou também um programa matutino de entrevistas no SBT do Rio de Janeiro, o Agenda. A jornalista também já atuou em programas de rádio e em projetos promovidos pelo Ministério da Educação, pela Unesco e outras entidades.

Em 2014 Leda Nagle completou 38 anos de profissão, há vinte anos como apresentadora do programa Sem Censura, que começou na TVE Brasil, e atualmente está na TV Brasil.[2]

Fontewww.wikiwand.com/pt/Leda_Nagle

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s